Imprensa
Volkswagen
18 de fevereiro de 2011

Volkswagen amplia capacidade da fábrica de Taubaté com construção de nova área de Pintura

Thomas Schmall, presidente da Volkswagen do Brasil, anuncia nova Pintura em Taubaté

  • Press Release
  • Fotos
  • Produção da fábrica será aumentada para até 1.300 carros/dia
  • Nova Pintura, com investimentos de R$ 360 milhões, eleva padrões de tecnologia e proteção ambiental utilizados pela empresa
  • Ao fazer 35 anos, fábrica comemora produção recorde: 280 mil carros

A fábrica da Volkswagen do Brasil em Taubaté (SP) receberá investimentos de R$ 360 milhões para implementar uma nova área de Pintura, que aumentará a capacidade produtiva da unidade de 1.050 para 1.300 veículos por dia, com a utilização plena das instalações. O lançamento da pedra fundamental da nova Pintura ocorreu hoje, com a presença do vice-governador do Estado de São Paulo, Guilherme Afif Domingos; do prefeito de Taubaté, Roberto Peixoto; e do presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall.

"A operação estabelecerá novos modelos de tecnologia e proteção ambiental na indústria automotiva brasileira, com a introdução de equipamentos e processos inovadores. Estamos globalizando a tecnologia, pois a empresa tem uma estratégia clara de crescer apoiada na qualidade, no respeito ao meio ambiente e com produtos inovadores", disse Schmall.

As fundações do prédio da Pintura foram iniciadas em janeiro e o começo das operações está previsto para dezembro de 2012. Em 2011, a fábrica de Taubaté completa 35 anos de atividade e, segundo o diretor da unidade, Frank Sowade, há outro motivo para comemoração: "Em 2010, alcançamos nosso recorde histórico de produção, com a fabricação de 280.270 automóveis".

Desde o início das operações, em 1976, Taubaté já fabricou mais de 5,4 milhões de veículos para o mercado doméstico e exportação. Atualmente, a unidade produz os modelos Novo Gol e Novo Voyage.

Tecnologia inovadora

A nova Pintura utilizará mais de 70 robôs, tornando a pintura interna e externa dos veículos 100% automatizada. A tecnologia permitirá eliminar uma camada de tinta do processo e ainda gerar ganho de qualidade no produto final, pois os robôs também farão a medição a laser que garantirá a espessura da camada final aplicada, sem tocar na carroceria. "É uma tecnologia nova, que também nos dá um ganho ambiental, já que, ao aplicar menos material, descartaremos menos resíduos no meio ambiente", explica Samuel Kratz, coordenador técnico da nova Pintura de Taubaté.

O transportador de carrocerias usado nas fases iniciais da pintura permitirá giro de 360 graus das carrocerias dentro dos banhos do processo, deslocando eventuais bolhas de ar e melhorando substancialmente a eficiência do processo e a qualidade do produto. Trata-se de um procedimento inédito na América do Sul. Outra inovação é o sistema de limpeza externa da carroceria, realizada durante o processo de pintura por robôs que operam com escovas eletrostáticas.

Antes mesmo de ser construída, a nova Pintura de Taubaté já determinava como foco a preservação ambiental em todas as etapas do processo. Isso foi possível graças à aplicação do software alemão GaBi, desenvolvido em conjunto com o Grupo Volkswagen, que propiciou a avaliação prévia e completa para que todos os impactos ambientais fossem minimizados.

A Pintura de Taubaté terá nova tecnologia para o uso de tinta à base de água, aliada a equipamentos e processos de alto rendimento e baixo consumo energético, além de uso reduzido de solventes e gás natural em sua operação. Desta forma, comparando-a ao padrão de mercado, haverá redução na emissão de gases de efeito estufa e de compostos orgânicos voláteis para a atmosfera, assim como menor geração de resíduos sólidos.

Outro destaque é a reciclagem do ar de exaustão das cabines robotizadas. "Essa tecnologia possibilita a reutilização de 80% do ar que seria descartado na atmosfera num processo convencional, proporcionando economia da energia que seria gasta para aquecer ou resfriar o ar, quando ele entra na cabine, onde sua temperatura deve ser mantida em aproximadamente 25°C", explicou o gerente executivo de Engenharia de Manufatura – Pintura e Montagem Final, Nelson Salazar Filho, que também é gerente geral do projeto.

Qualificação profissional

Considerada uma das fábricas de veículos mais modernas e produtivas do Brasil, a unidade da Volkswagen em Taubaté também se destaca pela elevada qualificação profissional de seus cerca de 5,2 mil colaboradores, que, em 2010, receberam 147.082 horas de treinamento. A unidade possui um centro de capacitação profissional chamado Profiraum, no qual os operadores recebem conhecimentos práticos e teóricos, além de simularem novas operações antes de aplicá-las na linha de produção.

Os benefícios econômicos e sociais gerados pela Volkswagen têm forte impacto positivo também sobre a comunidade do Vale do Paraíba. "Temos orgulho em ser a maior empresa, maior empregadora e principal fonte de impostos para o município de Taubaté", afirmou Marco Aurélio de Castro, gerente executivo de Recursos Humanos da fábrica de Taubaté.

Desenvolvimento sustentável

A Volkswagen também desenvolve trabalhos sociais reconhecidos pela comunidade. O programa "Uma Hora para o Futuro", por exemplo, estimula doações entre os colaboradores, que oferecem o equivalente a uma hora de trabalho por ano em benefício de 800 crianças assistidas pelo Projeto Esperança, de Taubaté. No ano passado, foram arrecadados R$ 100,6 mil e desde 2004, quando começou, o programa acumula R$ 580 mil em doações.

Já o programa "Volkswagen na Comunidade", da Fundação Volkswagen, beneficiou três entidades do Vale do Paraíba com a doação de R$ 30 mil para cada projeto social entre 2008 e 2010. Os beneficiados foram: o Grupo de Assistência ao Menor Trabalhador, de Caçapava; a Associação Comunitária Amor e Caridade, de Jacareí, e a Associação para Síndrome de Down de Taubaté (Assid).

A fábrica também apoia a cidadania entre seus funcionários por meio do "Programa de Voluntariado" e incentiva, desde 1994, o Comitê de Cidadania dos empregados, que doa cestas básicas para organizações sociais da região.

A fábrica de Taubaté se destaca ainda por sua atenção ao meio ambiente e pela busca por alternativas sustentáveis. Desde 2007, a unidade já plantou mais de 11 mil mudas de árvores, com a participação de funcionários, visitantes e ambientalistas. O "Programa de Plantios" prevê para este ano mais 5 mil mudas na área externa da fábrica.

Implementada desde o início da fábrica, a Estação de Tratamento de Efluentes de Taubaté trata 100% da água utilizada pela unidade. Desde 2003, cerca de 30% dessa água, além de tratada, passa por um processo adicional de ultrafiltragem e reciclagem, sendo reaproveitada para resfriamento de máquinas, limpeza de ruas externas e jardinagem, entre outras atividades. Com este processo, a fábrica já economizou mais de 1,5 bilhão de litros de água dos mananciais.

Além disso, a Volkswagen realiza desde 2004 em Taubaté o "Programa de Educação Ambiental Eco Amigos", que beneficiou cerca de 6.700 pessoas. A iniciativa promove atividades de educação ambiental na comunidade, especialmente junto a crianças assistidas por organizações sociais.

Datas históricas da Volkswagen em Taubaté:

1973 – Início da construção.

1976 – Unidade faz peças estampadas, plásticas, injetadas e de tapeçaria para Fusca e Kombi produzidos em São Bernardo do Campo.

1978 – Primeiros cinco Passat produzidos no local são liberados para venda.

1979 – Início da montagem do Passat em série, de forma quase artesanal.

1980 – Produção do Gol Geração I, com motor 1.3. Veículo inaugura nova fase na indústria automotiva brasileira.

1982 – Primeiras 100 mil unidades do Gol produzidas.

1986 – Início da produção do Voyage.

1990 – Unidade comemora 1.000.000 de veículos produzidos.

1993 – Fábrica é a primeira montadora da América do Sul a receber o Certificado Internacional de Qualidade ISO 9002. Unidade recebe primeiros robôs, para produzir Gol Geração II.

2002 – Fábrica recebe certificado de qualidade ambiental ISO 14.001.

2008 – Novo Gol e Novo Voyage entram em produção. Fábrica recebe investimentos de R$ 600 milhões e instala nova Armação, com 308 robôs.

2009 – Unidade comemora 5.000.000 de veículos produzidos.

2011 – Iniciada a construção da nova Pintura.


Youtube Blog Volkswagen Volkswagen Brasil Facebook © Volkswagen do Brasil 2019 | Ibama | Fale Conosco | Política da Privacidade