Imprensa
Volkswagen
21 de março de 2018

No Dia Mundial da Água, Volkswagen do Brasil reduz em 28% o consumo de água e investe em ações altamente sustentáveis

  • Press Release
  • Fotos
  • Empresa investe em processos e equipamentos inovadores e eficientes para reduzir e otimizar cada vez mais o consumo de água na produção de seus veículos
  • Volkswagen do Brasil já superou a meta da primeira fase do programa ambiental “Think Blue. Factory”, que determinava redução de 25% no consumo de água


Às vésperas do Dia Mundial da Água (22 de março), a Volkswagen do Brasil comemora um resultado positivo na economia desse recurso tão precioso para o planeta. A empresa reduziu em 28,03% o consumo de água por veículo produzido, comparando o fechamento de fevereiro de 2018 com os números de 2010, ano base do programa global de sustentabilidade da Marca Volkswagen “Think Blue. Factory.”
 
O programa “Think Blue. Factory.” estabeleceu, em sua primeira fase, que todas as fábricas da Volkswagen no mundo deveriam melhorar seus indicadores ambientais em 25%, até o fim de 2018, comparando com os dados de 2010. Dessa forma, a Volkswagen do Brasil já superou a meta para o indicador água. Entre os destaques da Volkswagen do Brasil também está a redução de geração de resíduos em 39,38% (fevereiro de 2018, comparando com 2010), entre outras conquistas ambientais.
 
“A Volkswagen do Brasil investe em processos e equipamentos altamente inovadores e eficientes para reduzir e otimizar cada vez mais o consumo de água na produção de seus veículos. Entre as iniciativas estão o reaproveitamento de água, a captação de água de chuva, além de outras ações criativas para economizar ao máximo esse recurso. Assim como a alta tecnologia e inovação, a sustentabilidade é parte fundamental do nosso processo produtivo”, afirma o diretor de Engenharia de Manufatura da Volkswagen do Brasil, Celso Placeres.
 
Conheça algumas ações da Volkswagen do Brasil para economizar água
 
Projeto de reúso já economizou mais de 800 mil litros de água potável
 
Na fábrica da Volkswagen do Brasil em Taubaté (Estado de São Paulo), o projeto de Utilização de Água de Reúso no Processo Produtivo já economizou mais de 800.000 litros de água potável desde sua implementação. Utilizando o processo de filtragem por membranas de Osmose Reversa, o sistema de reúso abastece o processo produtivo da Pintura.

Captação de Água de Chuva

Na fábrica Anchieta da Volkswagen do Brasil, em São Bernardo do Campo (Estado de São Paulo), o novo sistema de Armazenamento de Água de Chuva da Pintura pode gerar economia de mais de R$ 14 mil ao ano, ao deixar de “comprar” cerca de 1.300 m³ de água. A água, armazenada em dois tanques de 9 m³ cada, é reutilizada na lavagem dos skids (suportes) das carrocerias na Pintura. Além disso, toda água que cai sobre o telhado de uma das alas da fábrica é captada, tratada e utilizada nos processos industriais e na descarga de sanitários.
 
A fábrica de motores da Volkswagen do Brasil, localizada em São Carlos (SP), ampliou em 3,2 milhões de litros sua capacidade de armazenagem de água de chuva e de água reciclada para o processo produtivo, possibilitando à unidade reduzir em 10% seu consumo de água por motor fabricado. A conquista ambiental em São Carlos ocorreu dessa forma: o prédio onde são produzidos os motores da família EA111 teve sua capacidade de captação de água de chuva duplicada, para 20 mil litros. Com esse reaproveitamento, a fábrica de São Carlos tem a capacidade de economizar 2 milhões de litros de água por ano. Já no prédio dos motores da família EA211 foram instalados dois reservatórios com capacidade de armazenamento de 20 mil litros cada, que possibilitam o reúso de toda água de dreno das torres de resfriamento, resultando no reaproveitamento de 1,2 milhão de litros ao ano.

Ar-condicionado sustentável reaproveita mais de 166 mil litros por ano

O sistema de ar-condicionado dos escritórios de Compras da fábrica Anchieta permite reutilizar mais de 166 mil litros de água por ano, considerando que os aparelhos ficam ligados cerca de 1.280 horas. O sistema impede o descarte da água dos drenos do ar-condicionado. Para que isso fosse possível, foi feita uma tubulação especial: a água do dreno é captada e armazenada em uma caixa d’água. De lá, segue para a rede de água industrial da fábrica, para ser utilizada em outros processos.
 
Poços artesianos ajudam a economizar
 
 A fábrica da Volkswagen do Brasil em São José dos Pinhais (Paraná) conta com três poços artesianos para captar águas profundas e reduzir o consumo de água proveniente da rede pública. Esses três poços abastecem a fábrica com cerca de 7.000 m³ por mês, o que equivale a cerca de 46% do consumo da fábrica.

Pintura ecológica de Taubaté reduz consumo de água
 
A Pintura da fábrica de Taubaté estabeleceu padrões inovadores de tecnologia e proteção ambiental, se tornando referência na indústria automobilística brasileira. As inovações da área tornaram o processo de pintura ecológico, reduzindo em cerca de 23% o consumo de água por veículo produzido e em 30% o consumo de energia, em comparação a uma pintura convencional. Aliada a equipamentos e processos de alto rendimento e baixo consumo energético, a unidade também utiliza tinta ecológica à base d'água.
 
Prova d’água ecológica

Em todas as fábricas da Volkswagen do Brasil, 100% dos veículos produzidos passam pelo teste de estanqueidade, na fase final da Montagem, para assegurar a qualidade da vedação, são verdadeiros “túneis de água”. A água utilizada no teste, já há anos, é coletada, filtrada e recirculada, reaproveitando o recurso. O aperfeiçoamento desse processo trouxe economia adicional, ao processo já existente de recirculação, de 698.000 litros nas três unidades produtivas da Volkswagen (Anchieta, Taubaté e São José dos Pinhais).

Tratamento para água industrial
 
Na fábrica Anchieta, uma parceria com a Sabesp (empresa brasileira que detém a concessão dos serviços públicos de saneamento básico no Estado de São Paulo) para fornecimento de água industrial permite que essa fábrica envie até 840 mil m³ de esgoto por ano para ser reciclado. Após o tratamento dos efluentes industriais, o esgoto da fábrica, inclusive o doméstico, é enviado para um coletor da Sabesp para receber novo tratamento. A Sabesp retorna parte do efluente para ser utilizado em processos industriais de outras empresas.
 
Simples e eficiente

Na fábrica de motores de São Carlos, a troca de mais de 200 torneiras convencionais por automáticas e outras melhorias nos sanitários economizam 2,9 milhões de litros de água por ano.
 
Reúso de água nos testes das bombas de incêndio
 
Na fábrica de São José dos Pinhais, a água utilizada para verificar preventivamente o funcionamento das bombas da rede de incêndio é reutilizada para resfriar equipamentos de áreas produtivas como alicates de solda e solda a laser, na Armação, e compressores no setor de Utilidades. A medida economiza aproximadamente 10 milhões de litros ao ano.



Youtube Blog Volkswagen Volkswagen Brasil Facebook © Volkswagen do Brasil 2018 | Ibama | Fale Conosco | Política da Privacidade