Imprensa
Volkswagen
Design Center

O gerente executivo de Design & Package da Volkswagen do Brasil, Luiz Alberto Veiga, apresenta aos finalistas do Talento Volkswagen Design 2011, os trabalhos que estão sendo desenvolvidos pelos vencedores do Talento Volkswagen Design 2010, atuais estagiários da área de Design da Volkswagen do Brasil

  • Conteúdo
  • Vídeos
  • Fotos

A Volkswagen foi a primeira a ter um centro de desenvolvimento de veículos no Brasil. Iniciada em 1966, a área de Design da Volkswagen no Brasil, nasceu para desenvolver produtos inovadores com a identidade da marca Volkswagen, para carros, comerciais leves, caminhões e ônibus, naquela época.

Com o crescimento da indústria brasileira na década de 60, a Volkswagen "acelerou" e lançou veículos que marcaram sua história, como o Karmann-Ghia (1962). Em 1969, em seguida foi a vez da Variant e no ano seguinte, 1970, o TL.

Na década de 70, o Design da Volkswagen do Brasil mostrou a capacidade de inovação: criou os primeiros Volkswagen genuinamente nacionais o SP2 (1972) e a Brasilia (1973 ).

Neste período, a Volkswagen do Brasil lançou o seu primeiro modelo com motor refrigerado a água e tração dianteira, o Passat (1974), uma revolução para a época.

Nos anos 80, nasceu o primeiro modelo no conceito de "família de veículos" e que se tornaria o grande sucesso da marca e da indústria brasileira: o Gol. Em seguida, os modelos derivados desta plataforma: o sedan Voyage, a perua Parati e a picape Saveiro, igualmente sucesso de vendas em seus segmentos.

Ainda naquela década, a Volkswagen do Brasil entrou no segmento de luxo, com o Santana (1984) e a Quantum (1985). Em 1988, a marca produziu o primeiro carro nacional com injeção eletrônica de combustível e ignição digital com mapeamento eletrônico, o Gol GTI.

Nos anos 90, com a abertura do mercado para os veículos importados, o Golf passou a ser produzido na nova fábrica de São José dos Pinhais, em 1999. Logo se tornou um grande sucesso, agregando novos conceitos de qualidade e dirigibilidade ao mercado. Nos anos 2000, a Volkswagen se preparava rumo à tecnologia de ponta para a chegada do Polo (2002) e o Polo Sedan (2003).

Em 2003, a Volkswagen promoveu mais um grande salto do design brasileiro da marca, no lançamento de um carro revolucionário, o Fox. A nova aposta trouxe à marca a inovação e qualidade em um novo conceito de aproveitamento do espaço interno, com linhas externas marcantes.

A partir daí, a linha de produtos da Volkswagen do Brasil foi completamente renovada. Foram lançados o Novo Polo, o Novo Polo Sedan e o Novo Golf. A família Gol, Parati e Saveiro entrou na 4ª geração. O próprio Fox ganhou derivados: o CrossFox e o SpaceFox. Em 2008, o Gol G5 (eleito "Carro do Ano de 2009") e o Voyage inauguraram novos padrões de qualidade, economia, desempenho e dirigibilidade no segmento dos carros de entrada.

Em outubro de 2011, o presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall, apresentou o novo Volkswagen Design Center, na unidade Anchieta, em São Bernardo do Campo. O novo Design Center teve sua área ampliada para abrigar todo o processo de criação de novos projetos e reunir as áreas de Package & Strak, Design Shape e Serviços, em um total de 2.360 m².

O evento foi marcado por uma mostra sobre a história do Design da Volkswagen do Brasil, dividida por décadas, além da exposição dos carros da marca com design brasileiro e uma simulação do processo de criação do automóvel.

Centro de Realidade Virtual (VRC)

O Centro de Realidade Virtual foi inaugurado em 2008, na fábrica de São Bernardo do Campo, integrado à área de Design. O VRC (Virtual Reality Center) utiliza a tecnologia 3D para simular virtualmente os novos projetos, e, desta forma, compartilhar com todo o Grupo Volkswagen.

Graças a essa tecnologia, os novos modelos podem ser analisados e visualizados em detalhes antes mesmo da construção de protótipos, o que garante um projeto com maior qualidade e confiabilidade, e em menor tempo.

"O VRC é parte integrante do novo Design Center. Este é um passo importante para agilizar a nossa interação com a matriz e até mesmo outras empresas do Grupo Volkswagen", destaca o vice-presidente de Desenvolvimento do Produto da Volkswagen do Brasil, Egon Feichter.

Como nasce um Volkswagen

Na área de design é criada a forma do novo veículo, inicialmente pelos sketches (desenhos em duas dimensões). São várias propostas em torno do mesmo veículo até chegar aos temas preferidos.

Na área de Package (onde são dimensionados e posicionados os espaços e os componentes do veículo) os técnicos ajustam e definem o tamanho ideal do carro assim como analisam as questões ergonômicas em relação ao ser humano.

As ideias mostradas nos sketches, adaptadas às medidas definidas do Package, são transferidas para um desenho com tamanho real do novo veículo, em escala 1:1. Após sua aprovação, chega a fase do clay, uma massa especial para modelagem, composta por barro e demais elementos químicos, para esculpir o modelo em tamanho natural. Nesta fase, a área de engenharia participa ativamente em conjunto com os designers para viabilizar tecnicamente o veículo. Este modelo em clay recebe pintura e todos acabamentos como faróis, grades, vidros etc. para tornar-se o mais próximo possível de um veículo de série.

As mesmas fases acontecem também no trabalho de composição do interior do veículo. Painel de instrumentos, laterais de portas, teto e todas as partes visíveis são modeladas em todos os seus detalhes. Todas estas tarefas são desempenhadas pela equipe dos modeladores e tapeceiros em um verdadeiro trabalho artesanal.

Paralelamente se dá a escolha das cores e materiais de revestimentos. Estas atividades são de responsabilidade da área de Color & Trim, responsável por reunir as tendências do mercado com o suporte e propostas da área de Marketing.

Cumpridas estas etapas, o modelo é levado para a matriz, na Alemanha, onde é submetido a direção do Design Center em Wolfsburg. A partir daí, são efetuados os ajustes necessários e começa, então, a fase de construção da superfície matematica que é feita baseada em um scanning do modelo final.

Estas informações matemáticas vão mais tarde, após extensivos trabalhos de viabilidade técnica e financeira, em conjunto com a engenharia e outras áreas da companhia, como planejamento industrial e produção, definir o modelo virtual, que será a base final para a construção das ferramentas e meios de produção.

Talento Volkswagen

Realizado desde 1998, o Talento Volkswagen Design é um processo seletivo inovador. Após a etapa de inscrições e apresentação dos trabalhos, os universitários têm seus projetos avaliados pela equipe de designers da Volkswagen do Brasil. Nas fases seguintes, são realizadas prova de aptidão, dinâmica, entrevista e apresentação do trabalho final, com defesa perante banca.

O concurso, que é realizado anualmente, é dirigido a estudantes de Desenho Industrial, Design de Produto, Design Gráfico, Moda ou Arquitetura a partir de um tema criado pela Volkswagen. Os vencedores são premiados com um estágio de um ano na área de Design da Volkswagen do Brasil.

"O Talento Volkswagen Design é uma forma inovadora de detectar talentos e transformá-los em Designers automobilísticos em nível internacional", destaca o diretor de Design & Package da Volkswagen do Brasil, Luiz Alberto Veiga.

Entre os profissionais relevados no Talento Volkswagen Design está Marco Antônio Pavone, autor do desenho do up!, por exemplo.
















O gerente executivo de De [...]
O diretor de Design & Pac [...]
Luiz Alberto Veiga mostra [...]
A empresa foi pioneira na [...]
Vencedores do Talento Vol [...]
Projeto Kippen
Luiz Alberto Veiga recebe [...]
O diretor de Design & Pac [...]
O presidente da Ital Desi [...]
O estudante João Ruben Sa [...]
O estudante Luiz Antonell [...]
O chefe de Design do Grup [...]
Vencedores do 14º Talento [...]
Vencedores do 14º Talento [...]
Vencedores do 14º Talento [...]
Chrystian Wendel: primeir [...]

Youtube Blog Volkswagen Volkswagen Brasil Facebook © Volkswagen do Brasil 2017 | Ibama | Fale Conosco | Política da Privacidade