Imprensa
Volkswagen
São José dos Pinhais (PR)

Fábrica de São José dos Pinhais

  • Conteúdo
  • Fotos


Inaugurada em 18 de janeiro de 1999, a fábrica de São José dos Pinhais (PR) é uma das mais modernas do Grupo Volkswagen no mundo. Localizada na região metropolitana de Curitiba, a fábrica tem área total de 1,3 milhão m², dos quais 305 mil m² são de área construída.


A unidade é responsável pela produção dos modelos Fox, CrossFox, Golf, Audi A3 Sedan e Audi Q3.

A fábrica em números

1999: Inauguração da fábrica em São José dos Pinhais
2003: Lançamento do Fox
2005: Lançamento do CrossFox
2009: Nova Geração do Fox e CrossFox
2010: Unidade comemora 1 milhão de Fox produzidos
2011: Unidade comemora 500 mil Golf produzidos e inicia a produção do SpaceFox
2012: Lançamento do Fox BlueMotion e unidade comemora 2 milhões de veículos produzidos
2013: Unidade comemora 1,5 milhão de Fox produzidos, apresenta o Fox BlueMotion com o novo motor de três cilindros 1.0L e Grupo Volkswagen anuncia novos investimentos na fábrica paranaense
2014: ao completar 15 anos, unidade chega a 2,3 milhões de veículos produzidos desde a sua inauguração
2015: Início da fabricação do Audi A3 Sedan
2016: Início da fabricação do Novo Golf e Audi Q3. Fábrica comemora marco de 2,5 milhões de unidades fabricadas em toda sua história

Modelos produzidos

Fox, CrossFox, SpaceFox Novo Golf, Audi A3 Sedan e Audi Q3.

Investimentos

A Volkswagen do Brasil investiu aproximadamente R$ 500 milhões na modernização da fábrica de São José dos Pinhais, com a ampliação de áreas produtivas e a instalação de equipamentos de última geração para a fabricação do Novo Golf, um dos modelos mais inovadores da marca do mundo. Foi criada uma nova área de Armação, com equipamentos mais modernos e eficientes, que proporcionam a economia de até 30% no consumo de energia, em comparação com processos anteriores.

Um novo processo de montagem de veículos também foi implementado, permitindo que os modelos da família Fox e o Novo Golf sejam produzidos na mesma linha, um fato inédito dentro do Grupo Volkswagen. Além disso, mais de 2.000 empregados participaram de programas de qualificação profissional para todos os postos de trabalho envolvidos na fabricação do Novo Golf, para assegurar a excelência da mão de obra na produção do modelo.

Sustentabilidade

A fábrica da Volkswagen em São José dos Pinhais se destaca por utilizar tecnologia avançada em todo o seu processo de produção. Além isso, a unidade paranaense também está inserida no conceito global "Think Blue. Factory.", que estabelece a meta para que as fábricas da Volkswagen em todo o mundo melhorem em 25% seus indicadores ambientais de consumo de água e energias, a geração de resíduos, as emissões de CO2 e de solventes até 2018, em relação a 2010.

Nos escritórios e nas áreas produtivas, um dos destaques é o uso da iluminação natural em grande escala, por meio da utilização de telhas de policarbonato transparentes. Além disso, a fábrica também realizou a substituição das lâmpadas por uma tecnologia superior, com menor potência mas que proporcionam a mesma iluminação, o que reduz o consumo de energia.  Em algumas linhas da Armação e da Montagem Final foram instaladas luminárias dimerizadas, que podem ter sua intensidade de luz ajustada de acordo com a necessidade, privilegiando o uso de luz natural.

Outro exemplo de como a fábrica da Volkswagen em São José dos Pinhais utiliza a natureza a seu favor, é a existência de uma estação meteorológica instalada no prédio da Pintura, para monitorar as variações climáticas como temperatura externa, umidade relativa do ar e volume de chuva. Com os dados, a unidade consegue racionalizar o uso de energia e de gás natural ao controlar de forma precisa a quantidade de água fria ou quente fornecida para a climatização das cabines de pintura automotiva. As cabines de pintura trabalham com temperatura e umidade controladas e não podem sofrer interferências com as variações.

A fábrica se destaca ainda por utilizar tecnologia avançada em todo o seu processo de produção, como a solda a laser e a tinta à base de água na pintura de automóveis, evitando a emissão de solventes. Em todas as áreas da Manufatura, mecanismos de regeneração de energia permitem a otimização no consumo de eletricidade. Nas áreas da Pintura, Armação e Montagem, os mecanismos de regeneração de energia estão presentes nos elevadores que transportam as carrocerias. Na prática, a energia da frenagem é convertida em energia elétrica, reabastecendo o sistema, compensando parcialmente o que foi gasto durante a subida. Se comparado ao processo anterior, o atual permitiu a economia de 25% de energia. Além disso, na Montagem, existem outros 16 drivers regenerativos instalados em quatro cabines de testes de freios, onde todos os automóveis produzidos na unidade são acelerados sobre rolos (Testores), simulando as condições da pista. O objetivo é verificar aspectos do funcionamento do motor, troca de marchas e sistema de frenagem.

Certificada pela ISO 14001, norma mundial que atesta a boa gestão ambiental das organizações, a unidade possui um avançado processo de tratamento de efluentes, que trata os esgotos convencionais e industriais. Uma das iniciativas mais recentes implementadas na unidade paranaense é o co-processamento do lodo, gerado a partir do tratamento do esgoto sanitário e industrial na fábrica. O resíduo, que antes era encaminhado para aterro industrial, agora é destinado para fábricas de cimento, onde o lodo é utilizado como combustível para alimentar os fornos ou é incorporado à massa que origina o cimento. A iniciativa reduziu em 70% o volume destinado ao aterro industrial. A fábrica conta também com um sistema de monitoramento ambiental que controla a qualidade do ar e das águas.

A unidade de São José dos Pinhais também é pioneira no reaproveitamento da água utilizada nos testes feitos pelos bombeiros. O procedimento é realizado semanalmente e obrigatório por lei. A água, utilizada nos testes de funcionamento das bombas da rede de incêndio, é reaproveitada para resfriar equipamentos das áreas produtivas, como alicates de solda e solda a laser, na Armação, e compressores, no setor de Utilidades.  Desde 2012 o projeto promove a economia de mais de 200 mil litros de água por semana. A iniciativa foi reconhecida pela Matriz da empresa na Alemanha e recebeu o Prêmio “Think Blue. Factory.”

Como forma de incentivar a cultura da sustentabilidade ambiental, a unidade inaugurou em 2012 um percurso diferente para receber a visita do público externo à fábrica: o “Caminho da Sustentabilidade”. Os visitantes têm a oportunidade de conferir de perto a alta tecnologia da empresa na fabricação de um veículo e as principais ações que resultam em maior eficiência energética e ambiental. O "Caminho da Sustentabilidade" consiste na visita pelas áreas produtivas (Estamparia, Armação, Pintura e Montagem Final) e pela área externa (viveiro, estação de tratamento de efluentes e ponto de recarga de água pluvial), para visualizar a inovação dos processos produtivos da Volkswagen, aliada às melhores práticas de conservação dos recursos naturais.

Empresa cidadã

O comprometimento com a comunidade é fortalecido com inúmeras ações sociais.

“Costurando o Futuro”

Por meio da Fundação Volkswagen, a empresa lançou em maio de 2013 o projeto "Costurando o Futuro", que oferece a cerca de 50 mulheres em situação de vulnerabilidade social, vizinhas à fábrica, oficinas gratuitas focadas na formação técnica em corte e costura e empreendedorismo social para a estruturação de um negócio próprio. Em 2015 o projeto abriu novas vagas e incentivou a autonomia e o empreendedorismo das participantes por meio da formação de uma rede de costureiras.

Implementado inicialmente em São Bernardo do Campo, em 2009, o “Costurando o Futuro” foi ampliado para a fábrica do Paraná com recursos de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Nas duas localidades, mais de 35 toneladas de tecidos já foram transformadas em novos produtos.

“Volkswagen na Comunidade”

Outro destaque é o Concurso Volkswagen na Comunidade que oferece prêmio em dinheiro e curso de gestão aos melhores projetos sociais indicados pelos funcionários da Volkswagen do Brasil, nos quais atuam com trabalho voluntário. Em 2015 as instituições paranaenses beneficiadas foram a Associação Beneditina da Divina Providência (ABENP), instituição que oferece atividades educativas, culturais, esportivas, recreativas e artesanais a crianças, adolescentes e jovens; além de apoio psicológico; e a Associação Sagrada Família de Nazaré, que, por meio do projeto “Juventude: um Sinal de Esperança” acolhe homens em recuperação da dependência química e reinserção social; eles recebem hospedagem, alimentação e laborterapia; cultivam a horta e cuidam dos animais, visando preservar o meio ambiente e gerar renda. A associação também oferece atividades esportivas, culturais e terapêuticas.

Um dos vencedores do “Volkswagen na Comunidade 2014”, o projeto “Juventude: um Sinal de Esperança” foi o que melhor geriu os recursos recebidos. Por isso, recebeu em 2015 o “Prêmio de Sustentabilidade”.

“Uma hora para o futuro”

Todos os anos, os colaboradores da fábrica doam de forma voluntária o equivalente a uma hora do seu trabalho para beneficiar instituições da região, dentro do programa "Uma Hora para o Futuro", criado pelo Comitê Mundial dos Trabalhadores da Volkswagen com o apoio da empresa. Em 2015, a organização beneficiada foi o Patronato Santo Antônio, instituição do município na região da fábrica que oferece a mais de 700 crianças e jovens cursos profissionalizantes, reforço socioeducativo, oficinas culturais, atividades esportivas, entre outros. O valor foi investido no ensino profissionalizante dos adolescentes assistidos.

Outras iniciativas

A fábrica da Volkswagen no Paraná possui ainda parcerias com a prefeitura de São José dos Pinhais para o desenvolvimento de inúmeras ações envolvendo a comunidade, recebendo o título de empresa cidadã por seus projetos sociais no município. Entre eles: Campanha do Agasalho, Campanha de Páscoa, Natal Sem Fome e Adote uma Criança.

A empresa é a patrocinadora oficial do Festival de Natal de São José dos Pinhais, que em sua última edição, realizada em 2015, recebeu mais de 1.5 milhão de visitantes. A unidade do Paraná também possui uma biblioteca dentro da fábrica com acervo de mais de 2,5 mil títulos que atende a todos os colaboradores, seus familiares e a comunidade.

História

Inaugurada em 18 de janeiro de 1999, a fábrica de São José dos Pinhais é uma das mais modernas do Grupo Volkswagen no mundo. A unidade foi construída com um layout pioneiro: as áreas de Armação, Pintura e Montagem Final convergem para o Centro de Comunicação, um prédio triangular onde estão concentrados os escritórios administrativos, jardins de inverno, cafeteria, agência bancária e refeitórios. O objetivo é integrar todas as áreas e o fluxo de informações, favorecendo a melhoria contínua da qualidade. A ideia é que todas as áreas trabalhem interagindo entre si. Cada time pode discutir e resolver questões relativas ao processo produtivo imediatamente. No Centro de Comunicação também se localizam os laboratórios e salas de medida. A unidade possui um sistema de logística avançado, com 12 fornecedores instalados dentro do terreno, formando o Parque Industrial de Curitiba (PIC).
Desde a inauguração, o complexo industrial produziu mais de 2,5 milhões de veículos para os mercados interno e externo. O complexo conquistou em 2013 o marco histórico de mais de 1,5 milhão de Fox, além de meio milhão de Golf produzidos, com as Certificações de Qualidade ISO 9001 e VDA 6.1.

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 


Youtube Blog Volkswagen Volkswagen Brasil Facebook © Volkswagen do Brasil 2017 | Ibama | Fale Conosco | Política da Privacidade